Carros antigos com valorização acima dos 130%

Os colecionadores de carros antigos que escondam o seu precioso tesouro! Um estudo realizado pela FGV SP demonstrou que esses veículos obtiveram retorno financeiro superior à taxa de juros Selic. Não só, como também ultrapassaram a taxa CDI ao longo do tempo.

De 24 modelos analisados entre 2005 a 2006 e 2015 a 2016, a Kombi Corujinha foi a mais valorizada: +135%. Mais de 100% de valorização para carros antigos, em apenas dez anos.

Até mesmo os cinco veículos com menor valorização obtiveram taxas superiores à inflação brasileira.

Dodge Charger (1973 a 1975)

Diferente dos modelos modernos e robustos, com rápida desvalorização, o modelo antigo se mantém. Dificilmente seu valor será reduzido com os anos, assim como o Dodge que valorizou 125,9% desde então.

Diferentemente dos modelos modernos, que perdem valor com o tempo, como ocorre com os bens de consumo em geral, o modelo antigo dificilmente tem seu valor reduzido com o passar dos anos, afirmou Luis Henrique Rigato. Ele é professor e coordenador do curso Master in Business and Management da FGV EAESP e um dos autores da pesquisa.

Os cinco modelos mais valorizados com o tempo foram:

  1. Kombi Corujinha – 1968 a 1975: 135,%;
  2. Dodge Charger – 1973 a 1975: 125,9%;
  3. Dodge Dart (02 portas) – 1970 a 1973: 117,7%;
  4. Camaro Coupê – 1967 a 1969: 116%;
  5. Maverick GV V8 – 1973 a 1976: 75,5%.

Enquanto isso, os que obtiveram a menor valorizaram foram:

  1. Mustang Hard Top – 1966 a 1968: -32,5%;
  2. Mercedes SL – 1973 a 1975: -27,8%;
  3. Rural Willys – 1968 a 1970: -13,1%;
  4. Porsche Envemo Super 90 – 1980 a 1982: -5%;
  5. Camaro conversível – 1967 a 1969: 2,4%.

PUBLICIDADE

Esperava-se que os modelos mais desejados seriam os que mais se valorizavam, o que não ocorreu, comentou o autor do estudo, Prof. Arthur Ridolfo Neto.

Esses dados foram levantados através de questionários respondidos por 103 colecionadores. Também foram analisados por mais de 06 mil anúncios de classificados de vendas de carros antigos. Todos os dados se enquadram nas especificações da Federação Brasileira de Veículos Antigos (FBVA):

  • Fabricação superior há 30 anos;
  • Características originais de fabricação e Certificado de Originalidade reconhecido pelo Danatran.

E em termos comparativos, as taxas utilizadas foram as da caderneta de poupança, CDO, IGP-M e Selic durante a última década.

 

Fonte: O Globo

Para mais informações sobre nossos serviços, clique aqui.

Mostra de carros antigos na feira Expoari

Já na entrada do pavilhão instalado no APA em Ariquemes (RO), os apaixonados por carros antigos se sentem em casa. É a 34ª edição da Exposição Agropecuária de Ariquemes – EXPOARI, com destaque para mostragem de carros antiquados. Os estandes têm quatro veículos conservados, de 1960 e 1970, exposto ao público visitante.

A gente já chega vendo carros diferentes, muito bonitos, para quem gosta, como eu, de carros antigos, é apaixonante. Um mais lindo que o outro, a caminhonete é minha preferida, ela é muito linda, conta a analista de convênio Juliana Quimas.

O responsável pela exposição é Cleber Nantes, empresário no mercado de estética automotiva. Ele conta que a paixão o levou a colecionar.

A gente sempre teve a paixão por carros antigos, começamos colecionando carros antigos e tivemos a ideia numa visita ao exterior de fazer algo parecido em Ariquemes, diz ele.

Há garantia ao perfeito funcionamento dos automóveis e frequente uso.

Como a gente já tinha carros antigos, trouxemos para a Femuar, para divulgar o nosso negócio. O mais antigo é o Fusca que é de 67. De vez em quando, eu uso ele também. Todos eles são conservados, a mecânica, tudo em dia, diz.

Muitas empresas e diversos segmentos estão expondo produtos na Femuar. Edson Cesco, empresário na área de fertilizantes, é otimista com a feira.

A gente já percebeu que vai superar o ano passado, a gente percebe isso conversando com as pessoas, com os clientes, porque a atividade do agronegócio se mantém, ela não para, mesmo com a crise ela consegue subsistir, anunciou.

É possível, dentro do espaço, conhecer também a história da feira agropecuária e experimentar produtos. Não só isso, também é possível realizar a colocação de piercings e fazer tatuagens, além de diversos outros atrativos relevantes.

Fonte: G1

Para mais informações sobre os nossos serviços, clique aqui.